domingo, 24 de abril de 2011

Parte XIV - Juliana Lima

Simplesmente assistir a vida passar não vale a pena.
Não quero e não vou ser mero público da vida.
Sou atriz principal dessa peça. Sou a autora e diretora.
Escrevo minha peça a caneta, pra não poder apagar.
Vai ser bem assim: caso eu erre vou rabiscar,
mas não vou fingir que nada aconteceu.
Afinal, os rabiscos ainda estarão ali pra me lembrar de todas as vezes que eu mudei de ideia.
Se eu tiver sorte, poderei escolher os atores coadjuvantes.
Tanto faz, desde que esta peça não seja um monólogo.

_________________

Parte XIII em dricafernandes.tumblr.com